Fiel ou infiel?


Por muitos momentos, passamos a nos perguntar em nossa caminhada na presença do Senhor: Quem sou? Fiel ou Infiel? Eu estou certo na Palavra ou os outros estão? Faço boas obras para complementar a minha fé? Sirvo sem nunca falhar?

Cada pergunta, cada interrogação que surge em nossas mentes, cada pensamento que nos procura esfriar espiritualmente são como pequenas nuvens no céu ensolarado, chegam aos poucos com o vento, e se acumulam até formar uma grossa camada que impede que a luz do sol nos cubra. Mas assim como as nuvens do céu estão sempre em movimento, também esses pensamentos são constantes mas passageiros e cabe a nós não permanecer andando debaixo da nuvem mas ficar no mesmo lugar aonde o Senhor nos deixou na primeira vez; seguindo assim, a nuvem passará mas nós não passaremos pois logo a luz do sol tornará a nos cobrir e aquilo que era escuro tornará a estar iluminado bem rápido.

Temos que ter a confiança da graça salvadora do Senhor Jesus Cristo, sem olhar para o nosso mar de pecados mas olhando sempre para o nosso Salvador, que foi levantado no meio do deserto para que você olhe para Ele e creia que Ele te (nos) purifica e te (nos) livra da mordida venenosa do pecado (Números 21:9; João 3:14-15). Devemos ter a nossa confiança unicamente no Senhor e seguir verdadeiramente os seus passos com a mais pura consciência através da fé que Ele nos dá se pedirmos com sinceridade, assumindo nossa incapacidade.

Dúvidas surgem para tentar nos derrubar, mas são para que lá na frente Deus te dê mais uma prova da infinita misericórdia dEle, aí não serão mais dúvidas, mas sim respostas. Devemos olhar para frente e sem desviar o olhar, visando somente o Grande Prêmio da Soberana vocação de Deus em Cristo (Felipenses 3:14), afim de que sejamos justificados pela fé em Jesus Cristo, mediante a Justiça de Deus.

Assim diz o Senhor: Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele. João 14:21

  1. gravatar

    # by Anônimo - 15 de abril de 2010 11:45

    Obrigado, estava mesmo precisando disso